Terroir é um termo francês sem tradução, mas cujo significado tem tudo a ver com o que estamos fazendo:

É a relação íntima entre solo e clima. É um conjunto de terras produtivas sob a ação de uma coletividade social unida por relações familiares e culturais. E unida pela defesa de ricas tradições e pela solidariedade na exploração de seus produtos.

Trazer essa definição para o Brasil é semear um jeito mais próximo e caloroso de cuidar do que a nossa terra dá, sem deixar de cuidar da gente, um do outro, do que nos faz ser felizes onde estamos, celebrando um gostinho brasileiro que não dá pra importar e nem para traduzir.

Pensando bem, se terroir não tinha tradução, agora tem: #terroar!
Com sotaque caipira, com orgulho e muito respeito: terroarrr!

E se você quiser sentir o que é terroir, vai entender o que é, de verdade…

…o pertencimento, de ponta a ponta: a terra e o que vem dela nos pertence, e nós pertencemos também à Terra…

…e o empoderamento, pois se vamos cuidar da nossa própria cultura, precisamos nos sentir capazes de fazê-lo, responsáveis por isso – e com muito prazer!

O movimento #terroar vem para valorizar tudo o que é vivo, tudo o que é fresco – incluindo o conhecimento de que precisamos para viver melhor e mais naturalmente.

Vem descobrir o #terroar que o Brasil sempre teve – mas que precisava de um temperinho diferente para liberar todo o seu sabor.