O quilombo reúne 20 famílias de trabalhadores rurais que produzem banana, goiaba, limão, batata doce, mandioca, cana e hortaliças. Tudo isso de forma sustentável, respeitando o meio ambiente. A produção é vendida em Sorocaba em São Paulo, por meio do Instituto Chão.

Criado pelas comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, com o apoio e assessoria do Instituto Socioambiental (ISA), através do projeto “Fortalecimento das associações quilombolas do Vale do Ribeira para a gestão de projetos e empreendimentos comunitários”.
Buscam o desenvolvimento regional pautado na riqueza socioambiental da Mata Atlântica pois estão na Bacia Hidrográfica do Rio Ribeira de Iguape, e o Complexo Estuarino Lagunar de Iguape-Cananéia-Paranaguá – localizados no sudeste do Estado de São Paulo e leste do Estado do Paraná.

Quilombos do Vale do Ribeira na Feira Viva de Verão 2018

O sol não só apareceu como ficou ali, pleno, o dia todo, como que comemorando nossa homenagem à agricultura tropical e ao verão. Assim foi nossa Feira Viva de Verão, no sábado, dia 24 de fevereiro. Um dia de encontros e de resgate, as duas palavras mais faladas por todos que passaram por lá.

Estar na Feira Viva pela primeira vez foi uma alegria para eles e para todos que passaram por lá e puderam comprar seus produtos. Tinha banana, mandioca, batata doce, abacate e derivados como farinha de mandioca, rapadura, entre outros. 

“É muito importante mostrar nosso trabalho e divulgar um projeto que não usa nenhum tipo de veneno e não prejudica o meio ambiente com adubos sintéticos. Estudei Agronomia com ênfase em Agroecologia e queremos mostrar que é viável excluir ou reduzir o uso de agrotóxico. Queremos transformar nosso espaço em uma verdadeira agrofloresta, um espaço que combina floresta e agricultura de forma harmônica e auxiliar a vida humana e animal com custo baixo”, diz William Silva de Almeida, um dos membros do Quilombo.


Tags:


[social_warfare]

Produtos:

Mudas de espécies nativas da Mata Atlântica, Palmito In natura, abóbora, feijão, manacubio, banana nanica, banana prata, banana pão, banana maranhão, arroz, batata doce, mandioca, jaca, limão, banana chips, mel, farinha de mandioca, rapadura e taiada.