Com moluscos de concha – vieiras, ostras, lambreta, sururu –, a produção da Guará Vermelho deixou o público em polvorosa na Edição de Outono. A fazenda marinha tem cultivos em locais de natureza preservada, em parceria com o núcleo Picinguaba, em Ubatuba, e com as comunidades coletoras na Cananeia (SP). “As pessoas relacionam as ostras com praia e verão, mas a melhor hora para comê-los é no outono e inverno. Eles ficam muito mais gordos e saudáveis nessa época do ano, na água fria”, explica o produtor Ricardo Magalhães.

Confira a entrevista do Ricardo para a experiência na Feira Viva.

A Inspiração

O guará vermelho é uma ave que vive principalmente na costa brasileira, apenas em áreas livres de poluição e de intervenção humana. Com essa inspiração, surgiu a Guará Vermelho, empresa
que há cerca de cinco anos cultiva e comercializa os mais valorizados frutos do mar, empregando métodos naturais e sustentáveis, com total respeito ao meio ambiente. Os resultados são a produção de vieiras premium, e a oferta de ostras, vôngoles, almeijoas e mexilhões.


Tags:

Ed. de Outono, Edição de Inverno, Feira Livre, Guará Vermelho Cultivo
[social_warfare]

Produtos:

Vieiras, ostras, lambreta, sururu, vôngole e caldinho de sururu