Espécie presente no Brasil desde seu descobrimento volta a ser cultivada e reacende a importância sobre a discussão da riqueza das árvores naturais 

O Guanandi, madeira rica e brasileira vai nomear o espaço em que receberemos os chefs Helena Rizzo, Alex Atala, Ivan Ralston e Gabriel Broide, que vão preparar receitas com os ingredientes dos produtores selecionados para a edição de outono da FEIRA VIVA.

Também receberemos nesse espaço, botânicos e agrônomos que vão compartilhar seus conhecimentos sobre espécies nativas e desafios da produção sustentável.

Escolhemos o Guanandi como a árvore símbolo desse espaço, por seu valor simbólico no processo de colonização e ocupação do Brasil. Replantar, hoje, essa e outras espécies nativas, para a sua exploração comercial, representa uma virada de jogo da tecnologia brasileira, na busca de sistemas agrícolas mais sustentáveis – conciliando produção com preservação ambiental.

Você conhece o Guanandi?

O Guanandi (Calophyllum brasiliensis) é considerada a primeira árvore produtora de madeira de lei do Brasil, declarada monopólio do Estado brasileiro pelo Imperador Dom Pedro II, em 1835, pois sua madeira era essencial para a construção de embarcações, já que é imputrescível em água. A exploração predatória quase o levou à extinção.

Hoje em dia porém, a valorização do Guanandi como madeira de exploração comercial, assim como de outras espécies nativas, fomenta o plantio de árvores que, para além da viabilidade econômica da madeira nobre, presta preciosos serviços ambientais, servindo de corredor ecológico para a fauna, que por sua vez faz a dispersão da espécie que passa a repovoar espontaneamente áreas por todo o território.

Sobre a Feira Viva

Uma feira que busca estreitar as relações entre a agricultura, o meio ambiente e a gastronomia, com forte apelo regional, fomentando iniciativas que representem modernas práticas de gestão levando produtos únicos e de forte identidade cultural às mesas da alta gastronomia de São Paulo. Denominado Feira Viva, o evento inédito trará para os consumidores paulistanos alimentos com os melhores sabores brasileiros, produzidos sob o conceito de terroir. O termo francês designa a origem dos produtos e suas particularidades regionais na oferta de uma alimentação saudável.


Tags:

agroflorestal, ecologia, ecossistemas, feira, feiraviva, guanandi, maio, meioambiente, mube, natural, organicos, santanderbrasil, saopaulo, vivafeiraviva
[social_warfare]