Sustentabilidade não é só mais uma palavra bonita que todo mundo resolveu usar de repente – de governos a indústrias, passando pelos nossos lares e quintais. Para além do clichê, ser sustentável é fazer valer a máxima tudo se aproveita, tudo se renova integrando as dimensões social, ambiental e econômica. Por exemplo, é difícil imaginar o mundo hoje sem o reaproveitamento de resíduos recicláveis, especialmente em muitas cidades brasileiras, onde a prática já faz parte da coleta pública.

Agora, você já pensou em aproveitar os resíduos orgânicos? O Santander pensou. E fez. As sobras de alimento de dois prédios administrativos de São Paulo são encaminhados para máquinas que reduzem significativamente seu volume por meio de um processo de desidratação. O material resultante, misturado à terra vira composto e é utilizado nos jardins da sede do banco.

Na Edição de Inverno da Feira Viva você vai poder ver de perto uma dessas máquinas e conhecer todo o processo. De quebra ainda vai levar de presente uma garrafinha de composto produzido no Santander. Quem sabe agora você começa aquela horta em casa, né?

A Edição de Inverno da Feira Viva acontece no dia 12 de agosto, das 10h às 20h, no Parque da Água Branca, em São Paulo.


Tags:

Edição de Inverno, Santander, meioambiente, saopaulo
[social_warfare]